Please use this identifier to cite or link to this item: http://bibliotecadigital.economia.gov.br/handle/123456789/529418
Title: Sistema financeiro brasileiro: reestruturação recente, comparações internacionais e vulnerabilidade à crise cambial
Keywords: Sistema financeiro - Brasil
Financial system - Brazil
Instituições financeiras
Financial institutions
Bancos
Banks and banking
Issue Date: 1999
Publisher: Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social
Abstract: Este estudo mostra, com base em dados dos balanços das instituições financeiras, que os bancos privados nacionais se encontram atualmente em uma posição menos vulnerável do que estavam nos primeiros anos após a implantação do Plano Real. O nível de inadimplência do sistema bancário está fortemente concentrado nos bancos múltiplos e comerciais públicos federais. Além disso, comparações internacionais revelam que os principais bancos privados brasileiros estão bem menos vulneráveis ao risco de crédito do que os de outros países emergentes da América Latina e da Ásia. O Programa de Incentivo à Redução do Setor Público Estadual na Atividade Bancária (Proes) tem levado à redução significativa da participação dos bancos estaduais no sistema financeiro nacional, além da melhoria na gestão dos recursos. O ingresso de bancos estrangeiros também tem contribuído para dar mais solidez e eficiência ao sistema financeiro nacional. Contudo, os bancos privados nacionais continuam sendo largamente hegemônicos, em comparação com os bancos estrangeiros, e têm reagido ao ambiente mais competitivo, buscando serem mais eficientes e participando ativamente das recentes privatizações de bancos estaduais. Finalmente, o estudo mostra que o sistema financeiro brasileiro não deve ser seriamente atingido pela recente desvalorização cambial.
This paper, based on the balance sheets of financial institutions, shows that the national private banks are currently in a less vulnerable position than in the first years after the introduction of the Real Plan. The ratio of non performing loans of the banking system is strongly concentrated on federal retail banks. Moreover, international comparisons reveals that the main Brazilian private banks are less vulnerable than the ones from other emerging economies in Latin America and Asia. “PROES” strongly reduced the market share of state banks, and improved the allocations of resources on the remaining ones. The arrival of foreign banks has also strengthened and improved the efficiency of the financial system. However, private national banks are still strongly hegemonic when compared to foreign banks and they have been reacting efficiently to the stronger competition and participating in the recent privatization of state banks. Finally, this paper shows that the Brazilian financial system should not be seriously hit by the recent devaluation of the currency.
URI: http://bibliotecadigital.economia.gov.br/handle/123456789/529418
Other Identifiers: PUGA, Fernando Pimentel. Sistema financeiro brasileiro: reestruturação recente, comparações internacionais e vulnerabilidade à crise cambial. Rio de Janeiro: Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, 1999. 51 p. (Textos para discussão ; 68).
http://web.bndes.gov.br/bib/jspui/handle/1408/13510
Appears in Collections:Produção BNDES - Textos para Discussão BNDES

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.