Please use this identifier to cite or link to this item: http://bibliotecadigital.economia.gov.br/handle/123456789/526434
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributorUniversidade Federal do Rio de Janeiro. Instituto de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração-
dc.creatorGomes, Mariana Lindenberg-
dc.date2016-01-05T18:10:05Z-
dc.date2018-03-19T19:29:43Z-
dc.date2016-01-05T18:10:05Z-
dc.date2018-03-19T19:29:43Z-
dc.date2013-
dc.date.accessioned2022-05-12T03:46:04Z-
dc.date.available2022-05-12T03:46:04Z-
dc.identifierGOMES, Mariana Lindenberg. A indústria de geração de energia eólica como fonte alternativa de energia. 2013. ca. 20 f. + anexo. MBA Executivo (Especialização em Administração) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. Instituto de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração, Rio de Janeiro, 2013.-
dc.identifierhttp://web.bndes.gov.br/bib/jspui/handle/1408/7026-
dc.identifier.urihttp://bibliotecadigital.economia.gov.br/handle/123456789/526434-
dc.descriptionMBA Executivo (especialização em Administração) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. Instituto de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração, Rio de Janeiro, 2013.-
dc.descriptionBibliografia: p. [22-25]-
dc.descriptionNas últimas décadas, o tema "meio ambiente" tem se tornado alvo cada vez maior de discussão, dado a grande dependência, em escala mundial, da energia gerada por combustíveis fósseis, os quais são finitos. Dessa forma, buscam-se alternativas à geração de energia hoje predominante focadas na sustentabilidade e na utilização de fontes limpas e renováveis. Nesse contexto, o estímulo ao uso de fontes de energia renováveis tem crescido não só no Brasil como no exterior. Dentre as diversas possibilidades temos, a energia eólica que, dado o estágio atual de maturidade de sua indústria, a diminuição dos preços dos aerogeradores à medida que a tecnologia evolui e os incentivos dados pelo governo federal à construção de usinas eólicas, tem aumentado ano a ano sua participação na matriz energética brasileira, atualmente em 1,78%, com perspectiva de chegar aproximadamente em 9% até 2021, segundo dados da ANEEL e da ABEEólica (Associação Brasileira de Energia Eólica). Além disso, é mister ressaltar que a utilização em larga escala da matriz eólica para a produção de energia elétrica tem o objetivo de diminuir a dependência da produção de energia por meio de combustíveis fósseis, os quais não são renováveis e são extremamente poluentes. Assim, tendo em vista o aumento da competitividade da geração de energia eólica no Brasil nos últimos anos, objetiva-se, por meio da presente monografia, analisar inicialmente a atual indústria de geração de energia elétrica sob o novo marco regulatório e, em seguida, a especificidade da indústria de geração de energia eólica, a potencialidade de geração de energia eólica no Brasil, a regulação específica incidente sobre tal geração de energia, em consonância com o novo marco regulatório do setor elétrico e os incentivos para sua produção no Brasil.-
dc.formatca. 20 f. + anexo-
dc.formatapplication/pdf-
dc.languagept_BR-
dc.subjectBanco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (Brasil) - Financiamento-
dc.subjectBrazilian Development Bank - Financing-
dc.subjectPolítica energética - Brasil-
dc.subjectEnergy policy - Brazil-
dc.subjectForça eólica-
dc.subjectWind power-
dc.subjectEnergia - Fontes alternativas - Regulamentação-
dc.subjectRenewable energy sources - Laws and regulations-
dc.subjectDesenvolvimento sustentável-
dc.subjectSustainable development-
dc.titleA indústria de geração de energia eólica como fonte alternativa de energia-
dc.typeTese-
Appears in Collections:Produção BNDES - Teses e Dissertações

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.