Please use this identifier to cite or link to this item: http://bibliotecadigital.economia.gov.br/handle/123456789/525115
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorTeixeira, Nelson Spinola-
dc.date.accessioned2017-09-08T13:56:23Z-
dc.date.accessioned2021-11-27T03:42:22Z-
dc.date.available2017-09-08T13:56:23Z-
dc.date.available2021-11-27T03:42:22Z-
dc.date.created2017-09-08T13:56:23Z-
dc.date.issued2016-01-
dc.identifierhttp://repositorio.enap.gov.br/handle/1/2923-
dc.identifier.urihttp://bibliotecadigital.economia.gov.br/handle/123456789/525115-
dc.description.abstractEscrito em 1940, período em que a Revista do Serviço Público tinha a maior parte de seu conteúdo dedicado a comunicações internas – em uma seção denominada vida administrativa –, ao direito administrativo, o artigo de Nelson Spinola Teixeira trata do uso da estatística no estudo científico de maneira geral e sua aplicação na administração. O autor busca estabelecer uma distinção entre o que ele chama de técnica do método experimental e a técnica do método estatístico. Em seguida, o texto busca diferenciar o que são fenômenos individuais, coletivos e de multidão. Após tecer diversas considerações de caráter epistemológico, o autor finaliza indicando que aplicação esses conceitos científicos podem ter para a administração. Ao final do texto, ao criticar a ideia de que um “fato global, o fato total, fato geral seja apenas uma soma dos fatos individuais” e afirmar que “ambos, entretanto, têm natureza diversa”, o autor enuncia um dos argumentos evocados atualmente em discussões sobre o uso da perspectiva multinível em estudos organizacionais. A estatística constitue um método de estudo que, dia a dia, aumenta seu campo de aplicação.-
dc.languageIdioma::Português:portuguese:pt-
dc.publisherEscola Nacional de Administração Pública (ENAP)-
dc.rightsEscola Nacional de Administração Pública (ENAP)-
dc.rightsTermo::Creative Commons - Uso Não Comercial - Não a Obras Derivadas (by-nc-nd): Esta licença é a mais restritiva dentre as nossas seis licenças principais, permitindo redistribuição. Ela é comumente chamada “propaganda grátis” pois permite que outros façam download das obras licenciadas e as compartilhem, contanto que mencionem o autor, mas sem poder modificar a obra de nenhuma forma, nem utilizá-la para fins comerciais. Fonte: http://creativecommons.org.br/as-licencas/-
dc.sourcehttps://revista.enap.gov.br/index.php/RSP/issue/view/103-
dc.subjectestatística-
dc.subjectadministração pública-
dc.subjectorganização do trabalho-
dc.titleA estatística e a administração: notas de aula do curso de organização do trabalho-
dc.typeArtigo-
Appears in Collections:Revista do Serviço Público: de 2011 a 2020

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.