Please use this identifier to cite or link to this item: http://bibliotecadigital.economia.gov.br/handle/123456789/525000
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorBraga, Lamartine Vieria-
dc.creatorGomes, Ricardo Corrêa-
dc.date.accessioned2016-06-21T20:24:38Z-
dc.date.accessioned2021-11-27T03:41:55Z-
dc.date.available2016-06-21T20:24:38Z-
dc.date.available2021-11-27T03:41:55Z-
dc.date.created2016-06-21T20:24:38Z-
dc.date.issued2015-10-
dc.identifierhttp://repositorio.enap.gov.br/1/2454-
dc.identifier.urihttp://bibliotecadigital.economia.gov.br/handle/123456789/525000-
dc.description.abstractEmbora alguns relatórios e trabalhos científicos associem características do governo eletrônico com o desenvolvimento econômico e humano, estudos empíricos que comprovem essas correlações são exíguos, evidenciando uma lacuna que este artigo buscou preencher. Para tanto, lançou-se mão de uma abordagem dedutiva e objetiva da qual derivou uma estratégia de trabalho de natureza quantitativa. Em suma, constatou-se que os melhores índices de governo eletrônico encontram-se concentrados no continente europeu, em países de alta renda per capita, detentores dos mais elevados níveis de desenvolvimento econômico e humano, embora haja exceções importantes, como Coreia do Sul e Cingapura. Verificou-se, ainda, que a correlação mais significativa com a renda per capita se deu com a variável E-Government Development Index (EGDI) e a menor com Participação Eletrônica. Ademais, constatou-se que as associações mais significativas, no que se refere aos indicadores de desenvolvimento humano, se dão com o índice de Desenvolvimento Humano Ajustado à Desigualdade (IDH-D).-
dc.description.abstractA pesar de la existencia de informes y artículos científicos relacionados con el desarrollo económico y humano, los estudios empíricos que confirman éstas correlaciones son limitados, lo que muestra la necesidad de un trabajo como el que ahora presentamos. Con ese objetivo, se utílizó una metodologia deductíva y objetíva de la que derivó una estratégia de trabajo de naturaleza cuantítatíva. En suma, se constató que los mejores índices de gobierno eletrônico se encuentran concentrados en el continente europeo, en países de alta renta per cápita, detentores de los más elevados niveles de desarrollo económico y humano, aunque existan excepciones importantes, como Corea del Sur y Cingapura. Se verificó, además, que la correlación más significativa con la renta per cápita se dió con la variable E-Government Development Index (EGDI)y la menor con la Partícipación Electrónica. Por otro lado, se constató que las asociaciones más significativas, en lo referente a los indicadores de desarrollo humano, se dan con el índice de Desarrollo Humano Ajustado a la Desigualdad (IDH-D).-
dc.description.abstractAlthough several scientific papers and reports correlate features of electronic government with economic and human development, empirical studies that prove these correlations are scarce, pointing a gap that this article sought to fill. For this aiming, this research employed a deductive and objective approach from which a quantitative strategy was derived. In short, it was found that the highest rates of electronic government are concentrated in developed countries of Europe, classified as high income and very high human development, although there are important exceptions, such as South Korea and Singapore. It was also found that the most significant correlation with per capita income variables are given with E-Government Development Index (EGDI) and the least with e-participation. Moreover, it was found that the most significant associations with regard to human development indicators are given to the \nequality-adjusted Human Development Index (IHDI).-
dc.languageIdioma::Português:portuguese:pt-
dc.publisherEscola Nacional de Administração Pública (Enap)-
dc.relationhttp://repositorio.enap.gov.br/handle/1/2451-
dc.rightsEscola Nacional de Administração Pública (Enap)-
dc.rightsAcesso::Acesso Aberto-
dc.rightsTermo::Creative Commons - Uso Não Comercial (by-nc)::Esta licença permite que outros remixem, adaptem, e criem obras derivadas sobre a obra licenciada, sendo vedado o uso com fins comerciais. As novas obras devem conter menção ao autor nos créditos e também não podem ser usadas com fins comerciais, porém as obras derivadas não precisam ser licenciadas sob os mesmos termos desta licença. Fonte: http://creativecommons.org.br/as-licencas/-
dc.sourcehttp://seer.enap.gov.br/index.php/RSP/article/view/1301/740-
dc.subjectgoverno eletrônico-
dc.subjectdesenvolvimento econômico-
dc.subjectdesenvolvimento humano-
dc.subjectparticipação eletrônica-
dc.subjecttecnologia da informação e comunicação-
dc.titleGoverno eletrônico e seu relacionamento com o desenvolvimento econômico e humano: um estudo comparativo internacional-
dc.typeArtigo-
Appears in Collections:Revista do Serviço Público: de 2011 a 2020

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.